Home / Teatro / Teatro Vivo em Casa apresenta novos espetáculos em 4ª temporada

Teatro Vivo em Casa apresenta novos espetáculos em 4ª temporada

A Vivo anuncia a 4ª e última temporada do ano do Teatro Vivo em Casa. Serão quatro espetáculos, adaptados ao formato de streaming e transmitidos do palco do Teatro Vivo. A estreia será no dia 28 de novembro, com o monólogo “A voz Que Resta“, interpretado por Gustavo Machado, com texto e direção de Vadim Nikitim, em única apresentação, às 20h. Os ingressos são gratuitos e limitados, disponíveis a partir de inscrição via plataforma @vivo.cultura, no Instagram. Clientes do programa Vivo Valoriza contam com cota especial de convites.

Em dezembro (05), é a vez de Natalia Gonsales subir ao palco do Teatro Vivo com “A Última Dança“, monólogo com dramaturgia de César Baptista e direção de Janaína Suaudeau e César Baptista. No dia 12, Marcello Airoldi é o destaque, com a peça “Um Segundo e Meio“, com texto de Airoldi e direção de Antônio Januzelli. Quem encerra a temporada de 2020 é Mel Lisboa, que no dia 18/12 interpreta “Madame Blavatzki – Amores Ocultos“, com texto escrito por Claudia Barral e direção de Felipe Roseno.

“Estamos muito felizes com o sucesso dessa iniciativa que aproxima ainda mais as pessoas da cultura e leva entretenimento de qualidade para todo o país”, revela a diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, Marina Daineze. ” Acreditamos que mesmo com a reabertura do Teatro Vivo, programada para o início de 2021, o formato em streaming poderá continuar. Há uma grande aceitação do público, além da possibilidade de chegar a qualquer pessoa que tenha um dispositivo conectado à internet, onde quer que ela esteja”, destaca a executiva.

Lançado em meio à pandemia, com a proposta de aproximar as pessoas da arte e levar cultura aonde o público estiver, o “Teatro Vivo em Casa” já apresentou 15 espetáculos e atraiu 4,7 mil pessoas.


Sinopses dos Espetáculos

28/11
A Voz que Resta
Com Gustavo Machado
Texto e Direção Vadim Nikitin
Foto: Cisco Vasques

Sinopse:
Paulo, jornalista copidesque e escritor frustrado, envolve-se com Marina, uma vizinha de prédio casada, garçonete e aspirante a atriz.
Paulo tenta desdobrar-se masoquistamente entre o trabalho medíocre, o angustiante bloqueio criativo e o amor incondicional por Marina.
A peça flagra a noitada em que Paulo decide cortar os laços (ou os pulsos), entregar as chaves e mudar-se para longe ou para lugar nenhum. Com um velho gravador de bolso, ele registra com amor e ódio uma carta de adeus.

05/12
A Última Dança
Com Natalia Gonsales
Dramaturgia Cesar Baptista
Direção Janaína Suaudeau e César Baptista
Foto: Flávio Tolezani

Sinopse:
Dramaturgia construída por César Baptista com base nos diários da escritora e filósofa francesa Simone Adolphine Weil (1909-1943). Moça fina, elegante e sincera da Paris do início do século passado, Simone se tornou operária para escrever sobre as condições de trabalho nas fábricas e opressão social.

12/12
Um Segundo e Meio
Com Marcello Airoldi
Direção Antônio Januzelli
Texto Marcello Airoldi
Foto: Priscila Prade

Sinopse:
A montagem narra a história de um homem que percorre uma longa jornada para tentar matar um outo homem. Enquanto percorre esta trajetória, o rapaz chega ao limite entre as lembranças de fatos reais e a imaginação de uma memória que vai além do tempo concreto.

19/12
Madame Blavatzki – Amores Ocultos
Com Mel Lisboa
Direção Marcio Macena
Texto Claudia Barral
Foto: Felipe Roseno

Sinopse:
A peça traz a história de Helena Petrovna Blavatsky (1831-91), escritora e médium russa do século XIX, fundadora da Sociedade Teosófica, que pretendia difundir uma filosofia ligada à comprovação científica do misticismo.
No espetáculo, Helena retorna encarnada no corpo de uma atriz/médium para revisitar a sua história e esclarecer alguns pontos controversos da sua biografia. O trabalho, permite, assim, discutir sobre os limites entre realidade e ficção, a verdade e o fingimento, pontos importantes tanto no teatro quanto no misticismo.

Sobre Padrão do site

Avatar

Veja Também

Mulheres do interior baiano inspiram “Sertão Sem Fim”, que estreia no Teatro Sérgio Cardoso

Em 2018, a atriz Tertulina Alves retornou à Macaúbas, município localizado no interior da Bahia onde passou …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.