Home / Música / Rajadão da Pabllo Vittar em língua de sinais celebra mês da diversidade

Rajadão da Pabllo Vittar em língua de sinais celebra mês da diversidade

O intérprete de libras e ativista queer Thyago Santos mobilizou um grupo de intérpretes e surdos da comunidade LGBTQIA+ espalhados pelo país para celebrarem a sua existência no mês do orgulho. O resultado foi um vídeo com a tradução em língua de sinais da música Rajadão, da Pabllo Vittar.

A ideia é jogar luz sobre a questão da acessibilidade, principalmente para essa parcela da população que é invisibilizada tanto por conta da homofobia quanto pelo preconceito contra a pessoa com deficiência.

“Junho é o mês da diversidade, do Orgulho LGBTQIA+ onde nossa existência é celebrada e mostramos resistência frente a tanto preconceito e violência que sofremos diariamente. Mês esse que deve ser mais comemorado do que nunca: numa época em que os direitos conquistados a tanto suor e sangue estão cada vez mais ameaçados. A situação já é bastante complicada para LGBTQIA+ que têm acesso à informação em seu idioma. Imagine como deve ser para os que são privados de informação, já que a língua de sinais não é disseminada adequadamente nos meios de comunicação, mesmo sendo reconhecida pelo Estado. Segundo a Agencia Nacional de Notícias temos 10,7 milhões de pessoas surdas no Brasil, sem dados para quantos desses são usuários da libras, língua brasileira de sinais, e quantos se declaram LGBTTQIA+. Esse vídeo é um motor de esperança, que celebra a nossa comunidade e nos consola”, conta Thyago Santos.

O vídeo está publicado nos links abaixo, IGTV e YouTube:

IGTV

https://www.instagram.com/tv/CB6kmZ9H15A/?utm_source=ig_web_copy_link


YouTube

O vídeo conta com introdução da Rita Von Hunty, youtuber e drag queen que ganhou a internet com posicionamentos importantes sobre política e diversidade.

Sobre Luiz Henrique Leão

Avatar

Veja Também

Gabriel Elias lança o novo álbum “Música Pra.Curar Brasileira”

Gabriel Elias lançou, nesta sexta-feira (27), o terceiro álbum da carreira, intitulado “Música Pra.Curar Brasileira”, …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.