Home / Musicais / O Mágico de Oz – o Musical, de Billy Bond, retoma temporada no Teatro Bradesco

O Mágico de Oz – o Musical, de Billy Bond, retoma temporada no Teatro Bradesco

Após passar por Buenos  Aires  e  Santiago do  Chile e ser visto por mais de 1 milhão e 500 mil pessoas desde a estreia em 2003, o musical  O Mágico de Oz segue temporada no Teatro Bradesco. Dezesseis anos depois da estreia, Billy Bond consegue surpreender nesta super produção ao acrescentar novidades ao espetáculo, reunindo recursos multimídia e uma orquestra, ao vivo, com nove músicos, sob a regência do maestro Rafel Righini.

 

A superprodução musical tem realização da Black & RedProduções, adaptação de Billy Bond e Lilio Alonso, direção geral de dramaturgia de Billy Bond e Andrew Mettine, direção musical de Bond e Villa, direção de cena de Marcio Yacoff , coreografia de Ítalo Rodrigues e figurinos de Carlos Alberto Gardin. BillyBond, artista italiano considerado um dos mais talentosos diretores de musicais em atividade no Brasil, é responsável por produções como After de LugeRentA Bela e A FeraLes Miserables, O Beijo da Mulher Aranha, Pinocchio , Natal Mágico, Cinderella, Alice Peter Pan, entre outras.

 

Com diálogos e músicas cantadas em português, criadas especialmente para esta versão, o espetáculo traz 22 canções, com destaque para Quero Ver o Arco-Íris, versão para Somewhere Over the Rainbow (E.Y. Harburg e Harold Arlen), em que a atriz Bia Jordão canta acompanhada pelo som do instrumento ukelelê.

 

Um time de atores mirins integra o elenco da produção: Dando vida à Dorothy está a atriz Bia Jordão (2012 – musical Galinha Pintadinha – personagem Maria Fernanda; 2013 – série Zoo da Zu – protagonista; 2014 – musical Menino Maluquinho – personagem Carol; e 2015 – Cúmplices de um Resgate (SBT) – personagem Julia Vaz. Tem participação especial na série Que Talento, no Disney Channel – personagem Bia. Ao lado dela, Isabela Szegö e  Ana Júlia Souza – (ex-apresentadora do programa Bom Dia e Cia. do SBT.), além do casal de filhos da escritora, atriz, roteirista e apresentadora Fernanda Young, Catarina Jonh Young.

 

A história, consagrada no filme estrelado por Judy Garland, conta o sonho de Dorothy que, acompanhada do cachorro Totó, deixa o sítio onde mora com os tios e viaja até o mundo de Oz. Uma terra mágica e distante, além do arco-íris. Lá, conhece personagens que exaltam qualidades como coragem (Leão), inteligência (Espantalho) e amor (Homem de Lata). Conhece também a Bruxa Má, que tenta impedir a volta para casa. O espetáculo é inspirado livremente na obra de Lyman Frank Baum, de 1900, criador de um dos mais populares livros escritos na literatura americana infantil.

 

Além dos efeitos especiais,  para o papel de Totó, um cão da raça Schnauzer, de 6 meses, foi adquirido especialmente para a montagem. Ele tem dividido boa parte do tempo entre os ensaios e a rotina da atriz Bia Jordão que dará vida a Dorothy. Ele dorme na casa da atriz, passeia, brinca e ainda tem peças de roupas dela para se sentir seguro durante a preparação

das cenas ao lado do treinador de animais Gilberto Miranda, um dos principais fornecedores de bichos para filmes e comerciais no país. “Todo o elenco está encantado por Totó” – afirma, carinhosa, Andréa Oliveira, produtora do musical que, claro, ficará com o animalzinho de 6 meses após a temporada do espetáculo que acontece em julho.

 

Superprodução
O muscial é rico em efeitos especiais, como o vento produzido por ventiladores de grandes dimensões que fazem os espectadoresse sentirem como a menina Dorothy, dentro de um furacão. Entre os recursos cênicos que transportam o espectador para o interior da cena, destaque para o gelo seco, telões de led de altíssima  resolução e projeção de  mapping, além de  equipamentos em 4D.Usados para envolver e encantar a plateia, o musical tem ainda efeitos especiais que simulam chuva, folhas  secas de papoulas caindo sobre os espectadores, além do perfume das flores e outros aromas da floresta.

 

A produção do musical conta com 200 profissionais, entre eles 40 atores e técnicos. O espetáculo reúne mais de 80 figurinos, trocas de cenários, cinco toneladas de equipamentos, pirotecnia e outros efeitos visuais.

 

O Mágico de OZ

O Mágico de Oz foi considerado o melhor filme familiar de todos os tempos pelo AmericanFilmInstitute. A Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo criou recentemente o “Programa O Mágico de Oz”, que prevê a criação de comissões de prevenção à violência nas escolas, usando a dramatização da peça. O livro infantil O Mágico de Oz teve mais de 3 milhões de exemplares vendidos no Brasil nos últimos quatro anos. O espetáculo O Mágico de Oz foi premiado como o melhor musical de 2003.

 

Sobre Billy Bond

Nome de destaque no cenário do showbizz, o diretor italiano Billy Bond – que morou muitos anos na Argentina e fez carreira no Brasil – é um dos maiores diretores de musicais em atividade no Brasil. Há mais de 30 anos no país, é responsável por produções, como After de LugeRentMágico de OzOs MiseráveisO Beijo da Mulher AranhaPinocchioBranca de NeveCinderella e Alice no País das Maravilhas, entre outros espetáculos. Billy revela que a partir dos anos 2000, sedimentou seu formato de encenar espetáculos musicais com total liberdade de criação. 70 a 80 profissionais trabalham durante a sessão da peça – do maquiador à produtora, passando por técnicos, atores e bilheteiros.

No fim dos anos 60, Bond lotava espaços em meio à ditadura na Argentina, com o grupo de hard rock Billy Bond Y La Pesada. Também produzia espetáculos pop. Alguns duramente reprimidos pela polícia, como o que fez em 1972 no Luna Park. Chegou a ter mais de 100 músicas censuradas na época. No Brasil, produziu Ney Matogrosso em 1975. Na época também atuou como vocalista da banda Joelho de Porco. Produtor responsável pela vinda da banda Queenaos Brasil, nos anos 80. Hoje, à frente da Black & Red Produções descobriu nova fórmula para produzir e dirigir musicais.

 

FICHA TÉCNICA

Adaptação: Billy Bond e Lilio Alonso

Diretor geral de dramaturgia: Billy Bond, Andrew Mettine

Direção de Cena : Marcio Yacoff

Elenco:

Dorothy – Bia Jordão

Mágico de Oz – Felipe Tavolaro

Espantalho – Ítalo Rodrigues

Homem de Lata – Alvinho de Pádua

Leão – Márcio Yáccof

Glinda – Nicole Rosemberg

Bruxa Malvada / Gultch – Titzi Marques

Tia Emmy – Paula Canterini

Porteiro – Marcos Antonelli

Crianças:

Munchkins / Papoula/ Esmeraldas/ Soldados: Ana Júlia Souza, Catarina Young, John Young, Isabela Szegö, Queren Raquel, Sidinho Simplicio, Tita Stoll

Munchkins/ Soldados/ Papoulas / Esmeraldas : Achila Félix, Carla Reis, Caio Viana, Fernanda Perfeito, Gabrielle Maia, Joy Domingoz, Larissa Lia, Marcos Antonelli, Mayla  Betti, Newton Yamassaki, Paula Canterini, Paula Perillo, Tayanne Zandonato, Titzi Marques, William Santana

Bebês de Colo/ Papoulas/ Esmeraldas: Mônica Gross, Márcia Freire

Direção de Produção: Andréa  Oliveira

Assistentes de Produção: Cecília Young, Paula Canterini, Luana Marthin e Ítalo Rodrigues

Coreografia: Ítalo Rodrigues

Direção Vocal: Thiago Lemmos

Direção Musical: Bond e Villa

Designer de som: Paul Gregor Tancrew

Designer de luz: Paul Stewart

Figurinos: Carlos Alberto Gardin

Realização de Figurinos: Anna Cristina Cafaro Driscoll, Benedita Calistro, Hilda de Oliveira, Israel Alves.

Camareiras de Figurinos: Meire Serra, Naya Teixeira, Dilu Carvalho

Cenários e Adereços: Silvio Galvão

Transporte de Figurino: Amilton Rodrigues de Carvalho e Caio Bragha

Makes e Caracterização : João Bocalletto

Perucas e postiços: Inês Sakai, Eurico Sakai

Efeitos especiais: Gabriele Fantine

Filmes e animações: George Feller e Lucas Médici

Mappings: Nicolas Duce

Fotos: Henrique Tarricone e Chico Audi

Diretor técnico: Ângelo Meireles

Técnico de Som/Video/Mics– Thiago Rocha

Operador de Mapping: Kenny Canterini

Técnico de Luz: Guilherme Mantelatto

Led: The Led

Contra RegrasLeandro Silva, Eduardo Libanio, Ermilton de Oliveira, Diego Pauloto, Lucas Lima, Marcelo Mariano, Jefferson Silva

Talento Animal: Jayro Motta Fagundes

 

SERVIÇO

O MÁGICO DE OZ – O MUSICAL

Dias 14 e 21, às 15h, sábados

Dia 22, domingo, às 11h30 e 15 h

Dias 28, sábado, às 15h

Dia 29, domingo, às 11h30 e 15h

Estreou: 14 de abril de 2018

Temporada: Sujeita à prorrogação

Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

www.teatrobradesco.com.br

Classificação: Livre

Duração aprox.: 105min

Capacidade: 1.457 pessoas

Acesso para deficientes

 

Estacionamento:

Isento até 15 minutos

Compras no Záffari acima de R$ 40,00 = 3h de isenção

Self: Primeiras 2 horas = R$ 12,00

Hora adicional = R$ 2,00

Valet Parking: 1ª hora = R$ 16,00

Hora adicional = R$ 10,00

Motos: Primeiras 2 horas = R$ 10,00

Hora adicional = R$ 2,00

 CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
https://uhuu.com/

https://www.opuspromocoes.com.br/

Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.

 INGRESSOS

Setor

Valor

Meia-entrada

Frisa 3º andar

R$ 50,00

R$ 25,00

Frisa 2º andar

R$ 60,00

R$ 30,00

Balcão Nobre

R$ 60,00

R$ 30,00

Frisa 1º andar

R$ 80,00

R$ 40,00

Plateia (O a W)

R$ 100,00

R$ 50,00

Plateia (A a N)

R$ 140,00

R$ 70,00

Camarote

R$ 150,00

R$ 75,00

Sobre ArteView

Veja Também

De Volta a Oz – Wicked In Concert com Fabi Bang e Myra Ruiz

Fabi Bang e Myra Ruiz já tem data marcada para um novo encontro nos palcos. As protagonistas da versão brasileira de Wicked voltam ao Teatro Renault para uma …

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.