Home / Teatro / Nem Todo Ladrão vem para Roubar de Dario Fo no Teatro Commune

Nem Todo Ladrão vem para Roubar de Dario Fo no Teatro Commune

Em abril, nos dias 7 e 8, 14 e 15, 21 e 22, o Coletivo Teatral COMMUNE volta com a temporada do espetáculo Nem Todo Ladrão vem para Roubar de Dario Fo, aos sábados, às 21h, e domingos, às 19h30, no Teatro Commune, em São Paulo, no Projeto Improviso na Consolação, contemplado pelo Edital Proac Território das Artes 2017.

A comédiaescrita em 1959, inédita no Brasil, é uma farsa ágil e agradável, repleta de intrigas e disfarces. Criada a partir dos roteiros de comédias e tragédias da família de Franca Rame, mistura o humor ingênuo das farsas e vaudevilles franceses do século 18 de Feydeau e Labiche, com elementos do surrealismo e do teatro do absurdo.

Dario Fo cria uma farsa abstrata, paradoxal e sofisticada, que mistura o clima gélido, atroz e paranoico de Ionesco, Beckett e Adamov com a linguagem popular e os mecanismos da farsa italiana, invertendo a lógica realista e os lugares-comuns da comédia de costumes.

“Uma comédia absurda, na qual o ladrão tem senso ético e é sindicalizado”

A peça conta a história de um ladrão que entra numa casa para roubar, mas vira refém do Marido e sua Amante que acham que ele é um espião à serviço da Esposa. Primeiro ameaçam matar o Ladrão, depois deixá-lo paraplégico para que não consiga falar. A partir daí, a peça segue num quiproquó de situações absurdas, no qual um tenta esconder a verdade do outro, com a chegada da Esposa, a Mulher do Ladrão, o Amante da Esposa e até de um Segundo Ladrão.

A peça fez uma carreira de sucesso com apresentações em São Paulo, Interior em Sesc e Sesi, Festivais, Teatros Municipais pelo Circuito Cultural do Estado e em Portugal no Festival Folias 2013 de Lousada, Porto em Portugal.O grupo se apresentou também pelo Prêmio Myriam Muniz em Porto Alegre, BH, Rio e Curitiba e nas cidades de Campinas, Santos, Caraguatatuba, Ribeirão Preto e outras cidades do interior.

 

FICHA TÉCNICA

Texto: Dario Fo

Tradução e Adaptação: Augusto Marin

Direção: Augusto Marin

Elenco:

Ladrão – Henrique Taubaté Lisboa

Esposa do Ladrão – Wilma de Souza

Marido – Augusto Marin

Amante – Samara Montalvão

Esposa – Rose Araujo

Amante da Esposa – Rodrigo Franco Veloso

Segundo Ladrão – Paulo Dantas

Iluminação: André Lemes

Operador de luz e som: Agnaldo Nicoleti

Coordenação: Augusto Marin e Wilma de Souza

Administração: Silvia Luvizotto

Assistente de Produção: Cyça Santos

Produção: Jussara Moreira

Realização: Coletivo Teatral COMMUNE

 

O quê: “Nem Todo Ladrão vem para Roubar”.

Gênero: Comédia (Farsa).

Onde: Rua da Consolação, 1218 (ao lado da estação de metrô Higienópolis-Mackenzie).

Telefone: (11) 3476 0792 / 97665 2205.

Quando: 7 e 8; 14 e 15; 21 e 22 de abril.

Horário: Sábados – 21h e Domingos – 19h30.

Quanto: R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 (meia).

Capacidade: 98 lugares.

Duração: 60 minutos.

Recomendação: 12 anos.

·        O teatro aceita cartões de debito e credito e tem estacionamento ao lado.

Sobre ArteView

Veja Também

O Julgamento Secreto de Joana D’Arc no Teatro Oficina

O espetáculo O Julgamento Secreto de Joana D’Arc estreia no dia 26 de julho (quinta-feira, às 20h) no Teatro Oficina, …

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.