Home / Exposição / MuBE reabre com exposição de obras-projeto

MuBE reabre com exposição de obras-projeto

 Museu começou a receber o público com visitas por agendamento no dia 17 de outubro e, além de um amplo espaço ao ar livre, apresenta seu novo acervo de obras-projeto, valorizando as ideias dos artistas

Nos últimos quatro anos, com a colaboração de diversos artistas, associados e patrocinadores, o MuBE (Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia), criou um programa de expansão de seu acervo para a formação de uma coleção de projetos de artistas, que está sendo apresentada na mostra em destaque no Museu atualmente.

O MuBE, ao se especializar no entendimento, pesquisa e preservação de obras-projeto, cria um acervo de ideias fundamental para a reflexão sobre o aspecto transitório da produção em arte contemporânea.

Engana-se, porém, quem espera entrar na exposição e só ver desenhos ou os projetos em si. Ao visitar a mostra, o público encontrará obras imensas como a pintura sobre parede do Avaf, com 15 metro de largura, ou mesmo a obra Concreto Abstrato de Detânico Lain, formada por imensas placas de concreto iguais às do piso da área externa do Museu, que, aliás, é uma atração à parte. Com um amplo espaço ao ar livre, cercado de verde e esculturas, o MuBE torna-se um oásis urbano para o público que busca retomar o contato com a arte e espaços abertos, depois de meses em confinamento.

Esta mostra, com curadoria de Cauê Alves, conta com obras de Laura Vinci, Carmela Gross, Gerty Saruê, Lucia Koch, Marcelo Cidade, André Komatsu, Regina Silveira, Rodrigo Bueno, Raffa Gomes, Pedro Palhares, Claudio Cretti, Lydia Okumura, Marcius Galan, Lea Van Steen e Raquel Kogan, Nicholas Robbio, Antônio Ewbank, Chico Tony e Edu Marin, Daniel Murgel, Detânico Lain e Manata Laudares.

Mais do que apenas abrigar obras no sentido material tradicional, o MuBE adquire o direito de realizar os projetos dos artistas de acordo com as indicações e instruções catalogadas. O acervo é constituído a partir da digitalização de documentos, armazenados em um banco de dados virtual. Assim, a memória e a experiência do que ocorreu são preservadas para que outras exposições possam ser montadas. A particularidade desta coleção está em linha com o século XXI, onde vivemos a valorização da ideia.

SERVIÇO:

MuBE

Rua Alemanha 221, Jardim Europa, São Paulo – SP

Quinta-feira a Domingo, de 10h às 16h (última entrada às 15h) – até 15 de novembro. Entrada gratuita, somente com agendamento prévio pelo site https://www.sympla.com.br/mube. É obrigatório o uso de máscara e o respeito ao protocolo de segurança.

Sobre Padrão do site

Avatar

Veja Também

Farol Santander inaugura exposição inédita com obras de colaboradores do Grupo Santander Brasil

O Farol Santander São Paulo, centro de cultura, empreendedorismo, lazer e gastronomia, inaugurou em 20 de novembro …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.