Home / Teatro / Cocoricó – O Show, apenas 8 semanas no Teatro Procópio Ferreira

Cocoricó – O Show, apenas 8 semanas no Teatro Procópio Ferreira

Foto: Caio Gallucci

Qual a criança que nunca sonhou com uma vida repleta de brincadeiras, uma porção de amiguinhos, animais falantes e muito espaço para correr e viajar na imaginação? Para saciar esse desejo, nasceu ‘Cocoricó’, o programa infantil que celebra 15 anos como uma das mais importantes criações da TV brasileira. Adultos e crianças são transportados para a Fazenda Cocoricó ao lado do garoto Júlio, que se encantou com o trio de galinhas falantes, Lola, Zazá e Lilica, com o atrapalhado cavalo Alípio, o papagaio Caco, entre tantos outros personagens. O sucesso permanece até hoje, e o caminho natural foi levar a turma toda para os palcos. Assim nasceu ‘Cocoricó – o show’, que está de volta à cidade de São Paulo, após lotar os teatros por onde passou desde a estreia, em abril de 2011.

O texto de Flávio de Souza transita pelos dois cenários clássicos do programa, a fazenda e a cidade. Júlio e sua Turma são convidados pelo primo João para fazer uma participação especial em um show na cidade. O grupo se prepara para apresentar apenas uma canção, mas ao chegarem ao circo descobrem que todos os outros artistas cancelaram seus números. Sendo assim, o palco será de Júlio, Alípio, Lola, Zazá, Lilica e Caco, que decidem apresentar todas as músicas cantadas por eles no dia a dia do Paiol, e convidam João para participar, já que o primo é um expert em street dance.

Com direção geral de Marília Toledo, os números musicais visitam os principais clássicos do repertório de ‘Cocoricó’, e a montagem propõe grande interatividade com as crianças, que participam ativamente cantando a plenos pulmões. A trilha do espetáculo foi selecionada pelo próprio Flávio de Souza, em parceria com o compositor Hélio Ziskind, e serve como fio condutor de toda a narrativa apresentada no palco.

Os personagens reaparecem através de bonecos motorizados, criados especialmente para esta encenação, com coreografia de Fernanda Chamma. Além da utilização de bonecos de corpo inteiro, usa-se também a técnica de “live puppet”, criada por Sidnei Caria, através de uma “maquete filmada”, que apresenta a viagem de Júlio e sua Turma da fazenda para a cidade, num videoclipe animado.

A direção de arte é de Nani Brisque que valoriza os elementos característicos de cada cenário. Na fazenda, surgem rodas, palha, madeira, renda e tapeçaria. No caminho para a cidade, os variados matizes dão lugar ao cinza que é representado ainda pelo uso de peças de lixo reciclável, especialmente latas de alumínio e embalagens longa vida. O visual mais sóbrio de concreto logo dá espaço ao circo, com seu colorido e exuberância de panos e adereços.

Foto: Caio Gallucci

‘Cocoricó – o show’ mantém a essência do programa da TV Cultura de transmitir uma mensagem positiva para o público, abordando temas fundamentais para a formação e crescimento das crianças, aliando entretenimento e conceitos educativos, além de resgatar o universo lúdico do imaginário infantil. O programa já rendeu uma série de DVDs e livros, além de colecionar prêmios. O primeiro deles foi o 4º Festival Internacional de Cinema para Crianças e Jovens do Prêmio Unesco, de 1997. No Brasil, ganhou o Prêmio APCA, também em 97, como melhor programa infantil de TV. Em 2004, foi a vez de ‘Cocoricó’ levar o 7º Festival de Cinema Infantil da Cidade de Guayana, na Venezuela, nas categorias de melhor série de televisão e melhor música. Venceu ainda o 1º Festival Prix Jeunesse Ibero-americano, em 2006.

Consagrado por público e crítica, o programa ainda terá vida longa. A saga da turminha de ‘Cocoricó’ está apenas começando, ainda mais agora com a chegada aos palcos. Crianças de todo o Brasil poderão se aproximar de seus personagens favoritos e relembrar as canções que embalam seus devaneios e primeiras descobertas há 15 anos.

Foto: Caio Gallucci

COCORICÓ – O SHOW

Teatro Procópio Ferreira (671 lugares) – Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César
Informações: 3083-4475
Vendas: www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.
Reservas e grupos: (11) 3064-7500
Bilheteria: de terça à domingo, das 14h até o início do espetáculo. Acesso a deficientes físicos, ar condicionado e entrega de ingressos a domicílio.
Estacionamento conveniado na Rua Augusta, 2.673 – R$ 10,00 (período de 4 horas. Retirada de selo do estacionamento na bilheteria).

Sábado às 16h. Domingo às 15h.

Ingressos
Setor Premium: R$ 80
Setor I: R$ 60
Setor II: R$ 40
Duração: 60 minutos
Classificação Livre

Temporada: até 13 de maio.

Sobre Luiz Henrique Leão

Avatar

Veja Também

Lilia Cabral apresenta ‘A Lista’, com sua filha, ao vivo e de graça, no ‘Palco Instituto Unimed-BH em Casa’

Uma aposentada trancada no seu apartamento em Copacabana, evitando se contaminar com o vírus que …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.