Notícias de Última Hora
Home / Musicais / Carmen, a Grande Pequena Notável, o musical que conta a trajetória de Carmen Miranda

Carmen, a Grande Pequena Notável, o musical que conta a trajetória de Carmen Miranda

Há exatos 90 anos Carmen Miranda (1909-1955) cantava pela primeira vez na rádio carioca Roquete Pinto. Portuguesa radicada no Brasil, a cantora estava prestes a se tornar um dos maiores símbolos da cultura brasileira para todo o mundo. Em comemoração a essa data, Carmen, a Grande Pequena Notável, com direção de Kleber Montanheiro, estreia no dia 15 de setembro no Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo (CCBB SP). O espetáculo fica em cartaz até 26 de janeiro de 2019, com apresentações aos sábados, às 11h.

O musical é inspirado no livro homônimo de Heloísa Seixas e Julia Romeu, que venceu o Prêmio FNLIJ de Melhor Livro de Não Ficção em 2015. Quem dá vida à diva é a atriz Amanda Acosta, que divide o palco com Daniela Cury, Luciana Ramanzini, Maria Bia, Samuel de Assis e Fabiano Augusto. Os músicos Maurício Maas, Betinho Sodré, Monique Salustiano e Marco França também estão em cena.

Para contar essa história, o espetáculo adota a estrutura, a estética e as convenções do Teatro de Revista Brasileiro, no qual Carmen Miranda também se destacou. “Utilizamos a divisão em quadros, o reconhecimento imediato de tipos brasileiros e a musicalidade presente, colaborando diretamente com o texto falado, não como um apêndice musical, mas sim como dramaturgia cantada”, explica o diretor Kleber Montanheiro.

Esse tradicional gênero popular faz parte da identidade cultural brasileira, mas recentemente está em processo de desaparecimento da cena teatral por falta de conhecimento, preconceito artístico e valorização de formas americanizadas e/ou industrializadas de musicais.

A encenação tem a proposta de preservar a memória sobre a pequena notável, como a cantora era conhecida, e a época em que ela fez sucesso tanto no Brasil como nos Estados Unidos, entre os anos de 1930 e 1950. Por isso, os figurinos da protagonista são inspirados nos desenhos originais das roupas usadas por Carmen Miranda; já as vestes dos demais personagens são baseadas na moda dessas décadas.

“As interpretações dos atores obedecerão a prosódia de uma época, influenciada diretamente pelo modo de falar ‘aportuguesado’, o maneirismo de cantar proveniente do rádio, onde as emissões vocais traduzem um período e uma identidade específica”, revela Montanheiro.

A cenografia reproduz os principais ambientes propostos pelo livro. Esses espaços físicos são o porto do Rio de Janeiro, onde Carmen desembarca criança com seus pais; sua casa e as ruas da Cidade Maravilhosa; a loja de chapéus, onde Carmen trabalhou; o estúdio de rádio; os estúdios de Hollywood e as telas de cinema; e o céu, onde ela foi cantar em 5 de agosto de 1955. Cada cenário traz ao fundo uma palavra composta com as letras do nome da cantora em formatos grandes. Por exemplo, a palavra MAR aparece no porto, e MÃE, na casa dos pais da cantora.

O espetáculo só pôde ser realizado graças aos recursos da 6ª edição do Prêmio Zé Renato de Teatro.

FICHA TÉCNICA

Autoras do livro e adaptação teatral: Julia Romeu e Heloísa Seixas

Direção, cenários e figurinos: Kleber Montanheiro

Desenho de luz: Marisa Bentivegna

Direção Musical: Ricardo Severo

Visagismo: Anderson Bueno

Elenco: Amanda Acosta (Carmen Miranda), Daniela Cury, Luciana Ramanzini, Maria Bia, Samuel de Assis e Fabiano Augusto

Músicos: Maurício Maas, Betinho Sodré, Monique Salustiano e Marco França.

Direção de produção: Maurício Inafre

Assessoria de imprensa: Pombo Correio

Carmen – A Grande Pequena Notável, com direção de Kleber Montanheiro

Centro Cultural Banco do Brasil SP –  Rua Álvares Penteado, 112, Centro

Temporada: 15 de setembro a 26 de janeiro de 2019, aos sábados, às 11h

Apresentações extras nos dias 12/10, 2/11, 15/11 e 25/1

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)

Classificação: livre.

Recomendado para crianças a partir de 5 anos

Duração: 70 minutos

Capacidade: 133 lugares

Informações: (11) 3113-3651

*Acesso ao calçadão pelas estações Sé e São Bento do Metrô.

Estacionamento conveniado: Estapar Estacionamentos – Rua Santo Amaro, 272 – Centro, com custo de R$15 pelo período de 5 horas. É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.

Traslado gratuito: uma van faz o transporte gratuito entre o estacionamento e o CCBB, com parada na estação República do Metrô no trajeto de volta.

Sobre Luiz Henrique Leão

Veja Também

Ben Platt lança clipe do seu novo single “Ease My Mind”

Antes do lançamento de seu próximo álbum solo, Sing to Me Instead , Ben Platt, vencedor do Tony por …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.