Home / Exposição / Artista Plástico MENA colore o centro de São Paulo

Artista Plástico MENA colore o centro de São Paulo

O propósito de MENA é transformar os espaços e, consequentemente, melhorar o dia e a vida das pessoas através da arte. Artista plástico, arquiteto e urbanista, sua nova intervenção artística fica no centro de São Paulo, no Edifício Garagem Automática da Luz.

MENA apresenta técnicas diferentes em todas as suas vertentes artísticas. As cores utilizadas despertam sentimentos de paz, harmonia e felicidade nas pessoas. “Acredito que podemos viver em um mundo melhor, mais colorido, no qual o bem e o amor prevalecem. Podemos ser a mudança que queremos para o mundo. Quero, por meio dessa obra, incentivar essa transformação e despertar a consciência”, relata.

Uma das primeiras garagens verticais do Brasil, o prédio histórico foi inaugurado em meados de 1960, com 45 metros de altura, na Avenida Prestes Maia. São 1.890 m² de intervenção artística contemplando a lateral e a fachada. Cerca de 615 mil carros passam diariamente pelo local, que faz a ligação entre as Zonas Norte e Sul, segundo dados de Desempenho do Sistema Viário Principal (DSVP/ CET).

Há mais de dois anos MENA sonha em reproduzir sua mensagem nesse edifício. Para viabilizar a ação, contou com a parceria da Vedacit, empresa líder no segmento de impermeabilização. “Em um ano tão atípico, no qual ainda estamos enfrentando uma pandemia mundial, levar alegria por meio da arte é uma forma de deixar um pouco mais leve o caminho de quem cruza a cidade”, conta Bruno Pacheco, executivo de Marketing da Vedacit.

MENA acredita que este é o momento ideal para levar cor à cidade. “É quando mais precisamos propagar o amor e a alegria de viver. Acolher as polaridades, pois a união de todos os elementos traz mais consciência.”, afirma. As cores têm um potencial de estabelecer o equilíbrio e a harmonia entre corpo, mente e emoções.

O CONCEITO DAS ARTES

Nomeada “MISSÃO”, a obra da lateral do edifício expressa o encontro do ser humano com seu propósito individual. A técnica utilizada é nomeada pelo artista como “Vírgulas da Vida”.

MENA usa o rolo como instrumento para trazer as cores aos ambientes que precisam de transformação. Ao pintar e exprimir seus sentimentos, realiza o propósito de levar felicidade e expansão por meio da arte.

“A obra serve de exemplo para que outras pessoas possam se motivar a realizar a sua missão de vida. O rolo é o instrumento que utilizo para realizar o meu propósito com a arte, mas nessa obra é uma metáfora também, que representa o nosso “querer”, a intenção de mudar e transformar. Seja qual for o instrumento que você precisa para cumprir seu papel, aqui está um lembrete de que pode realizá-lo! Quando você se coloca como condutor desse “querer” você cumpre sua missão”, afirma MENA.

Por outro ângulo, a arte em desenvolvimento na fachada, intitulada “NOVA ERA”, tem como objetivo dar movimento a uma energia capaz de impulsionar uma verdadeira transformação. Com o intuito de realizar seu sonho maior, de expansão da consciência, MENA reproduz o maior símbolo universal sagrado: a Flor da Vida, que representa a unidade. MENA traz para a visão das pessoas a ideia de que “SOMOS TODOS UM”. O artista sugere que a integração com o Todo significa começar a assumir o real sentido da vida, que deixa de ser individualizada e se torna coletiva.

A obra também ganhará três borboletas. “A borboleta é um arquétipo de transmutação, que representa o renascimento. A borboleta azul é símbolo do ano de 2020, ano de transformação da humanidade”, explica MENA.

Sobre Padrão do site

Avatar

Veja Também

Grupo Boticário se une com OSGEMEOS em exposição inédita em São Paulo

Após 200 dias de “portas-fechadas”, a Pinacoteca de SP reabre com a exposição OSGEMEOS: “Segredos“, …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.