Notícias de Última Hora
Home / Teatro / A Golondrina reestreia no Auditório do MASP

A Golondrina reestreia no Auditório do MASP

O que nos torna humanos? Para Amélia (personagem de Tânia Bondezan) a resposta encontra-se na capacidade de sentir a dor dos outros como se fosse nossa. E este é o sentimento que corre ao longo da espinha dorsal de A Golondrina, sucesso de crítica e público que volta em cartaz no Auditório do MASP dia 12 de julho para temporada até dia 8 de setembro. 

Com texto do premiado autor barcelonês Guillem Clua e direção de Gabriel Fontes Paiva, a peça foi montada em Londres e na Espanha (estrelado pela consagrada Carmen Maura) e ganhou vários prêmios internacionais.

O texto é inspirado no ataque terrorista do Bar Pulse, que aconteceu em Orlando (EUA), em junho de 2016. A trama mostra o encontro de Ramon (Luciano Andrey), sobrevivente desse ataque homofóbico, e Amélia (Tania Bondezan), uma severa professora de canto que está ligada à tragédia. Os personagens revelam detalhes de seus passados que se entrelaçam como um quebra-cabeças.

É uma tentativa de compreender a insensatez do horror, as consequências do ódio e as estratégias que usamos para que eles não nos destruam a alma.

Sobre Guillem Clua

Nascido em 1973 em Barcelona, Guillem Clua é dramaturgo, roteirista e diretor teatral, formado em jornalismo pela Universidade Autônoma de Barcelona. Ele também morou em Nova Iorque e na Inglaterra, quando estudou na London Guildhall University. Clua baseia seu trabalho em suas experiências pessoais para abordar temas atemporais (como a questão da identidade) e contemporâneos (como a Guerra do Iraque). Suas obras têm trajetória internacional, tendo sido traduzidas para o inglês, italiano, alemão e francês. Entre os vários prêmios que o autor recebeu, estão o Butaca 2011, o Time Out 2013 e o Max 2017.

Os críticos descreveram seu trabalho como multidisciplinar e eclético, e como tendo uma preocupação especial pela estrutura narrativa e o argumento. Algumas de suas peças são A Pele em Chamas, O Gosto das Cinzas, A Golondrina, Marburg, Invasão, Assassino, 73 Razões Para Deixar-te, Morte em Veneza, No deserto, Smiley e Al Damunt Dels Nostres Cants.


FICHA TÉCNICA

Autor: Guillem Clua

Tradução: Tania Bondezan

Direção: Gabriel Fontes Paiva

Elenco: Tania Bondezan e Luciano Andrey

Cenógrafo e figurinista: Fabio Namatame

Assistente de direção: Ana Paula Lopez 

Iluminador e Sonoplasta: André Prado

Trilha Sonora: Luisa Maita

Preparação Vocal: Jonatan Harold

Montagem/Direção de Cena/Contrarregra: Tadeu Tosta

Produção: Ronaldo Diaféria, Odilon Wagner e Tania Bondezan
Produção executiva: Marcos Rinaldi

Assessoria de imprensa: Pombo Correio

SERVIÇO

A Golondrina, de Guillem Clua, com direção de Gabriel Fontes Paiva

Auditório MASP – Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Temporada: de 12 de julho a 8 de setembro.

Às sextas e sábados, às 21h; e aos domingos, às 19h

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$30 (meia-entrada)  

Classificação: 16 anos

Duração: 90 minutos 

Capacidade: 374 lugares

Informações: (11) 3149-5959

Sobre Luiz Henrique Leão

Avatar

Veja Também

Teatro do Kaos apresenta dois espetáculos no Teatro de Contêiner Mungunzá

O Teatro do Kaos, grupo que é referência de pesquisa teatral na Baixada Santista, traz …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.